Resultados da busca por: Cateter de shyrll

Resultados 1 - 10 de 99 Página 1 de 10
Resultados por página: 10 | 20 | 50 | 100

Swan-Ganz: Cateter de Artéria Pulmonar

Relevância:100%      Publicado em:19 19+00:00 julho 19+00:00 2017

Swan-Ganz: Cateter de Artéria Pulmonar

O cateter de Swan-Ganz ou cateter de artéria pulmonar foi desenvolvido na década de 1960 e, em 1970, Jeremy Swan e Willian Ganz publicaram um trabalho que revolucionou a medicina intensiva, cateterizando a artéria pulmonar à beira leito de maneira segura com o mínimo de complicações possíveis. Com ele, podemos obter dados como débito cardíaco e saturação venosa mista, que nos permitem cálculos de metabolismo tecidual, e das pressões das câmaras cardíacas direitas, pressão venosa central, pressão na artéria pulmonar e pressão capilar pulmonar, que nos permitem calcular a resistência vascular sistêmica e pulmonar, por exemplo. O principal objetivo é…

O Cateter Permcath: O que é?

Relevância:97%      Publicado em:5 05+00:00 dezembro 05+00:00 2018

O Cateter Permcath: O que é?

O Cateter de Permcath é um pouco diferente do Cateter de Shilley. Mesmo que ambos sejam para sua principal função, que é permitir a hemodiálise ao paciente, o cateter de Shilley é muito utilizado como procedimento temporário, outras vezes é um procedimento de transição para a fístula, e outras vezes, é definitivo. O que é o Cateter Permcath? O Nome Permcath já provém do significado vindo do inglês: "Perm" de permanência e "Cath" de cateter, onde o mesmo é de longa permanência, podendo ficar em até dois anos implantado em uma veia de grosso calibre central, geralmente através da veia…

Cateter Venoso Central (CVC)

Relevância:83%      Publicado em:15 15+00:00 novembro 15+00:00 2016

Cateter Venoso Central (CVC)

Os Cateteres Venosos Centrais (CVC) são cateteres cuja ponta se localiza numa veia de grosso calibre. A inserção do cateter pode ser por punção de veia jugular, subclávia, axilar ou femural. Tem por finalidade permitir uma terapia adequada em doentes que necessitem de intervenções terapêuticas complexas. São geralmente necessitados em casos de Emergência, Unidade de cuidados intensivos, Pós-operatórios imediatos de cirurgias complexas, Patologias que requerem medidas terapêuticas prolongadas.

Cateter Venoso Central (CVC)

Relevância:79%      Publicado em:26 26+00:00 agosto 26+00:00 2019

Cateter Venoso Central (CVC)

Os Cateteres Venosos Centrais (CVC) são cateteres cuja ponta se localiza numa veia de grosso calibre. A inserção do cateter pode ser por punção de veia jugular, subclávia, axilar ou femoral. Tem por finalidade permitir uma terapia adequada em doentes que necessitem de intervenções terapêuticas complexas. São geralmente necessitados em casos de Emergência, Unidade de cuidados intensivos, pós-operatórios-operatórios imediatos de cirurgias complexas, Patologias que requerem medidas terapêuticas prolongadas. As principais indicações para a CVC Hipovolemia Refratária; Hipotensão Grave; Medida de PVC; Hemocomponentes; Utilização de Drogas Vasoativas; Acesso periférico difícil, quimioterapia, transplante de medula óssea, nutrição parenteral; Existem cateteres de diversos…

Cateter Duplo J

Relevância:79%      Publicado em:21 21+00:00 julho 21+00:00 2019

Cateter Duplo J

O Cateter Duplo J tem este nome por apresentar as duas extremidades em forma parecida com a letra J. O Duplo J apresenta furos em seu trajeto que permitem o escoamento da urina é utilizado com a finalidade de drenar a urina do rim em direção a bexiga. É colocado dentro do ureter em casos onde a drenagem de urina do rim para a bexiga está comprometida. Os principais casos onde se usa o duplo J Pós-operatórios de cirurgias urológicas no rim ou nos ureteres; Compressões extrínsecas do ureter (tumor abdominal); Cálculos obstruindo a drenagem de urina dos rins; Lesões do ureter…

Cateter Central de Inserção Periférica (PICC)

Relevância:73%      Publicado em:15 15+00:00 novembro 15+00:00 2016

Cateter Central de Inserção Periférica (PICC)

O PICC, ou Cateter Central de Inserção Periférica, é um dispositivo de acesso vascular inserido perifericamente, tendo a ponta localizada em nível central, na altura do terço distal da veia cava, podendo possuir lúmen único ou duplo. É constituído de poliuretano ou silicone, sendo os de silicone mais flexíveis e em sua maioria inertes, causando menor irritação à parede dos vasos. Finalidade Promover a terapia intravenosa por tempo prolongado e de forma segura, garantindo a preservação da rede venosa periférica, diminuição do estresse, dor e desconforto gerado por múltiplas venopunções. Indicações - Necessidade de acesso venoso por tempo prolongado (além de

Cateter Central Totalmente Implantado

Relevância:68%      Publicado em:31 31+00:00 outubro 31+00:00 2016

Cateter Central Totalmente Implantado

O Cateter Central Totalmente Implantando, mais conhecido como port-a-cath é um dispositivo que fica acoplado abaixo da pele e consiste em um reservatório com membrana perfurável e um cateter de silicone. Muitas das medicações utilizadas em oncologia são administradas através das veias. Estes tratamentos podem ser longos, e os medicamentos contra o câncer podem causar, por vezes, inflamações nas veias superficiais dos braços, que são mais sensíveis. Por isso foi desenvolvido este tipo de dispositivo para administração de medicamentos e coleta de exames, colocado diretamente nas grandes veias do corpo, o cateter totalmente implantado. Implantação A colocação do port compete…

A prática de instilação de lidocaína gel no canal uretral masculino para inserção de cateter vesical é cientificamente provada?

Relevância:67%      Publicado em:23 23+00:00 julho 23+00:00 2019

A prática de instilação de lidocaína gel no canal uretral masculino para inserção de cateter vesical é cientificamente provada?

De acordo com a ANVISA (1), há indicação de introduzir gel lubrificante estéril, de uso único, com ou sem anestésico, na uretra masculina, durante a técnica de inserção do cateter vesical (Grau da evidência A-III). Segundo Homenko (2), a recomendação é a utilização de substâncias hidrossolúveis, como a lidocaína geleia a 2%, na introdução do cateter. Nos pacientes do sexo masculino, sugere-se a instilação uretral de 15 a 20 ml, enquanto que, nas pacientes do sexo feminino, esta lubrificação pode ser realizada diretamente no cateter urinário. A lubrificação do cateter é realizada com o intuito de evitar as complicações passíveis…

Cateter Vesical de Alívio

Relevância:62%      Publicado em:20 20+00:00 novembro 20+00:00 2017

Cateter Vesical de Alívio

A Sonda de Nelaton, também chamada de Cateter ou Sonda Vesical de Alívio, é um dispositivo muito utilizado em procedimento invasivo vesical que consiste em introduzir um cateter estéril através da uretra até a bexiga. Assim que esse cateter chega à bexiga, a urina é eliminada, causando alívio ao paciente. Feito o procedimento, o cateter é retirado e descartado.

O que é “Salinizar” um Cateter?

Relevância:62%      Publicado em:14 14+00:00 novembro 14+00:00 2019

O que é "Salinizar" um Cateter?

O que é a Salinização? É a prática de irrigação sob pressão positiva em períodos regulares dos dispositivos vasculares com solução salina. Tem como objetivos manter a permeabilidade, garantir a infusão de todo o medicamento que possa ter ficado no sistema, evitar o retorno sanguíneo e prevenir complicações decorrentes da incompatibilidade de medicamentos e soluções. As suas Indicações Antes e após a cada administração de medicamentos; Após a administração de sangue e derivados; Quando converter de infusão continua para intermitente; A cada 12 horas quando o dispositivo não for usado; Você deve orientar ao paciente sobre o procedimento, solicitando sua…

error:
:)