Resultados da busca por "Pós operatório"

Resultados 1 - 10 de 83 Página 1 de 9
Sorted by: Relevance | Sort by: Data Resultados por página: 10 | 20 | 50 | Tudo

Nipride VS Tridil: Quais são as diferenças?

[…]a perda sanguínea intra-operatória e diminuir o fluxo sanguíneo no campo operatório, ou nos pós operatórios de cirurgias cardíacas. Em contrapartida o Tridil, que é a nitroglicerina, é também um vasodilatador direto mas o seu efeito maior é venodilatador, com menor efeito nas artérias! Porém não é tão eficaz como o nitroprussiato para baixar a tensão arterial. Da mesma forma um outro efeito potencialmente benéfico é o relaxamento das coronárias, o que melhora o fluxo sanguíneo miocárdico regional e a entrega de oxigênio ao miocárdio, possui propriedade de vasodilatador coronariano, é usado para melhorar a perfusão do miocárdio após cirurgia […]

Gastrectomia: Billroth I e II

[…]dia, sendo necessário reeducação alimentar. Cuidados de Enfermagem quanto: Pós-operatório O pós-operatório como um todo vai variar com a extensão da cirurgia (parcial ou subtotal), da necessidade de se retirar outros órgãos próximos ao estômago que podem estar acometidos pelo tumor (baço, parte do fígado) e das condições clínicas do paciente que irão influenciar na sua resposta e comportamento após a cirurgia. Para as gastrectomia parciais, a média de internação hospitalar é de 4 dias, enquanto que, para as gastrectomias totais, varia em torno de 6 dias. Alimentação Nos primeiros dia de pós-operatório, é necessário que o paciente permaneça sem […]

Abdominoplastia e os Cuidados de Enfermagem

[…]seroma, problemas na cicatrização e trombose. Cuidados de Enfermagem Durante as primeiras 48h do pós-operatório é normal o paciente apresentar dor que é controlada por meio do uso de anti-inflamatórios e analgésicos. Durantes os primeiros 15 dias após a cirurgia, deve-se evitar realizar esforço físico, devido ao risco de ruptura das suturas feitas na musculatura. O paciente retorna à sua rotina normal gradativamente, sendo que a cicatriz final irá depender basicamente da cicatrização individual. Outros cuidados: Orientar o paciente em procedimentos pré e pós-operatórios; Participar ou colaborar em tratamentos que visem a correção de distúrbios congênitos ou adquiridos; Avaliar a assistência […]

Revascularização do Miocárdio

[…]aconteça com segurança, pois mesmo que a cirurgia tenha ocorrido com sucesso, o cuidado pós-operatório é determinante para o prognóstico. Além disso, as prioridades do paciente poderão variar de acordo com o período do pós-operatório, ou seja, imediato, mediato ou tardio. O cuidado nesses cenários contemplam as necessidades de cuidados específicos e indispensáveis diante da complexidade que envolve o paciente (Estefano, 2009). Enfermeiros que atuam nesse cenário identificam como cuidados de enfermagem aqueles referentes à manutenção do débito cardíaco, da integridade tecidual, do equilíbrio hidroeletrolítico e da oxigenação. Para cada um desses itens, temos cuidados específicos, tais como: monitorização cardíaca; […]

Nefropexia: O “Rim Caído”

[…]com a perna e fornecer informações a respeito das meias compressivas que serão utilizadas no pós-operatório; Avaliar o estado pulmonar (como a presença de dispneia, tosse produtiva, outros sintomas cardíacos relacionados) e ensinar os exercícios de respiração profunda, tosse eficaz e o uso de espirômetro de […]

Gastroplastia em Y de Roux

[…]Rosa Aparecida Nogueira et al. Diagnósticos de enfermagem, fatores relacionados e de risco no pós-operatório de cirurgia bariátrica. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 47, n. 1, p. 168-175, 2013. NEGRÃO, Renata de Jesus da Silva. Cirurgia bariátrica: revisão sistemática e cuidados de enfermagem no pós-operatório. 2006. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. NIBI, Fabiana Aparecida. Cuidados intensivos no pós-operatório imediato de cirurgia bariátrica. Revista Uninga. Maringa: PR. […]

Hipertermo Quimioterapia Intraperitoneal (Hipec)

[…]Centro Cirúrgico. Cuidados de Enfermagem Pacientes submetidos à QHITO costumam passar o período pós-operatório imediato em unidades de terapia intensiva, onde a vigilância é contínua. Portanto, enfermeiros atuantes nessas unidades devem conhecer os sinais e os sintomas decorrentes das complicações potenciais da QHITO, de modo que cuidados preventivos sejam planejados e os resultados pós-operatórios, por consequência, otimizados. Como algumas complicações da QHITO estão relacionadas à passagem de drogas antineoplásicas para a circulação sistêmica, o enfermeiro deve considerar a potencial ocorrência de toxicidade hematológica e, por isso, avaliar os resultados laboratoriais dos exames de sangue a cada quatro horas durante as […]

Períodos Perioperatórios

[…]que consiste na intervenção propriamente dita, realizada dentro do centro cirúrgico. 3 – O pós-operatório que compreende o período entre a saída do centro cirúrgico e o retorno do paciente às atividades normais. Muitas das complicações acontecem nesta fase e a vigilância da equipe de saúde deve ser tão mais intensa quanto maior o risco de complicações estimado na avaliação pré-operatória. Podendo ser subdividido em: Pós-operatório imediato (POI – É a fase que se inicia com o final da cirurgia e vai até as 24 horas subsequentes deste final); Pós-operatório mediato (POM – É a fase que se inicia após as […]

Que Medicamento é Esse?: Fentanila

[…]ou para ser usado como complemento de uma anestesia geral ou local ou no controle da dor no pós-operatório. Como Funciona? De rápida ação, curta duração e elevada potência (100 vezes maior do que a da morfina). A duração de ação comum do efeito analgésico é de aproximadamente 30 minutos após dose única intravenosa (IV) de até 100 mcg. A profundidade da analgesia está relacionada à dose e pode ser ajustada de acordo com o nível da dor do procedimento cirúrgico. Os Efeitos Colaterais Distúrbios Gastrintestinais Náusea, vômitos. Distúrbios Musculoesqueléticos e do Tecido Conjuntivo Rigidez muscular (que também pode envolver […]

Bomba de PCA/ACP: Analgesia Controlada pelo Paciente

[…]ao cateter peridural, depreendemos que este cateter é utilizado para pacientes em pós-operatório ou doentes com dores crônicas de segmento inferior para analgesia, que receberam avaliação criteriosa do médico anestesiologista para este procedimento e quando não necessitam mais deste tipo de suporte, devem novamente serem reavaliados por esse profissional e a retirada do mesmo realizada. Para tal ato, é necessário que o paciente cumpra alguns cuidados e critérios, como por exemplo um intervalo de 12 horas sem receber heparina ou heparina de baixo peso molecular, além dos doentes em uso de anticoagulantes receberem avaliação criteriosa de resultados dos exames laboratoriais. […]
error:
Fundamentos de Enfermagem O que cai nas provas para Técnico em Enfermagem? Que medicamento é esse? Distúrbios Pulmonares Cardiologia Ilustrada