Resultados da busca por: Punção gasometria

Resultados 1 - 10 de 58 Página 1 de 6
Resultados por página: 10 | 20 | 50 | 100

Gasometria Arterial

Relevância:100%      Publicado em:11 11+00:00 julho 11+00:00 2019

Gasometria Arterial

O termo gasometria arterial refere-se a um tipo de exame de sangue colhido de uma artéria e que possui por objetivo a avaliação de gases (oxigênio e gás carbônico) distribuídos no sangue, do pH e do equilíbrio ácido-básico. Nesta mesma amostra podem ser dosados, ainda, alguns eletrólitos como o sódio, potássio, cálcio iônico e cloreto, a depender do aparelho (gasômetro) utilizado. Na Equipe da Enfermagem, quem colhe a Gasometria? A Resolução Cofen n.º 390/2011, estabelece que a realização da punção arterial, tanto para fins de gasometria como para monitorização de pressão arterial invasiva, é privativa do Enfermeiro, considerando que esse profissional é responsável pela realização de cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que…

A Pressão Arterial Invasiva ou PAI

Relevância:12%      Publicado em:5 05+00:00 setembro 05+00:00 2018

A Pressão Arterial Invasiva ou PAI

A Pressão Arterial Invasiva ou PAI é um procedimento de extrema importância em uma UTI. Indicado para pacientes mais críticos, para controle rígido de pressão juntamente com drogas vasoativas. A pressão por este método é medida através de um cateter introduzido na artéria, o qual é conectado em uma coluna líquida. A medida da pressão é obtida através do transdutor de pressão que faz a leitura; é obtida pressão sistólica, diastólica e média (PAM). Quais são as preferências para as regiões do cateter? -Radial (Imprecisa em situações de vasoconstrição extrema); -Femoral. Uma dica! O valor da PAM (Pressão Arterial Média) não precisa…

Procedimento Coronário Invasivo: A Pulseira Hemostática

Relevância:12%      Publicado em:6 06+00:00 maio 06+00:00 2019

Procedimento Coronário Invasivo: A Pulseira Hemostática

O Procedimento Coronário Invasivo dá se pelos procedimentos como o Cateterismo Cardíaco, onde é um procedimento invasivo e cirúrgico que utiliza diferentes tipos de cateteres para registros de pressões intra-cardíacas, colheita de amostras sanguíneas e injeções intra-cardíacas de contraste radiopaco. Este procedimento é realizado sob emissão de Raios-X na forma de fluoroscopia para dirigir o cateter ao local a ser estudado e cinefluoroscopia para registro de imagens digitalizadas em CD. Para cada local a ser explorado usam-se cateteres de medidas e angulações diferentes. O que pode ser realizado através do Cateterismo Cardíaco? - Angiocoronariografia; - Ventriculografia; - Aortografia; - Arteriografia pulmonar;…

A Hemocultura

Relevância:11%      Publicado em:24 24+00:00 novembro 24+00:00 2017

A Hemocultura

A hemocultura detecta bactérias e fungos no sangue. Infecções na corrente sanguínea são provocadas com maior frequência por bactérias (bacteriemia), mas também podem ser causadas por fungos ou por vírus.

Terapia Intravenosa (TI) e suas Complicações

Relevância:8%      Publicado em:25 25+00:00 outubro 25+00:00 2017

Terapia Intravenosa (TI) e suas Complicações

No dia a dia da enfermagem, a prática da terapia intravenosa é uma constante. A administração de medicamentos e de outras soluções parenterais se constitui uma das maiores responsabilidades da equipe de enfermagem, o que ressalta a importância de que este seja um procedimento seguro tanto para cliente quanto para o profissional de saúde.

Confira as Melhores dicas de como não “estourar” uma veia!

Relevância:8%      Publicado em:2 02+00:00 fevereiro 02+00:00 2018

Confira as Melhores dicas de como não "estourar" uma veia!

Não importa o quanto você se considera bom em uma punção venosa, mas estourar uma veia ainda pode acontecer. E quando isso acontece, o seu paciente não é o único que sentirá desconfortável, você provavelmente se sentirá angustiado neste momento. Para o entendimento, uma “veia estourada” pode significar basicamente que a agulha do cateter foi inserida muito profundamente, perfurando a veia em ambos os lados (a famosa transfixação da veia) e, potencialmente levando à infiltração ou extravasamento. Mas porque as Veias podem estourar? Existem várias e possíveis causas do por que estas veias estourem durante uma inserção do dispositivo endovenoso: Veias…

Estudo Eletrofisiológico: O que é?

Relevância:8%      Publicado em:15 15+00:00 julho 15+00:00 2020

Estudo Eletrofisiológico: O que é?

O Estudo Eletrofisiológico  é uma forma de cateterismo cardíaco que visa estudar o funcionamento do sistema elétrico do coração , através da introdução de cateteres (dois a três) por via venosa (a mais comum) ou por via arterial. Através do estudo eletrofisiológico, ainda é possível identificar o mecanismo e o local do aparecimento de certas arritmias cardíacas. É utilizado para diagnosticar os distúrbios elétricos do coração. Qual a sua finalidade? É um método diagnóstico que tem várias finalidades: Descobrir as causas de síncopes, pré-síncopes (tonturas) e taquiarritmias; Esclarecer o mecanismo e a origem das arritmias; Avaliar a eficácia de medicamentos…

Cuidados com o paciente em morte encefálica ou suspeita de morte encefálica

Relevância:7%      Publicado em:20 20+00:00 julho 20+00:00 2016

Cuidados com o paciente em morte encefálica ou suspeita de morte encefálica

O Brasil está inserido no cenário mundial dos transplantes de órgãos há cerca de 40 anos. 90% destes procedimentos ocorrem através do Sistema Único de Saúde. A relação adequada de doadores por milhão da população (pmp) no mundo gira em torno de 16. No Brasil houve um decréscimo nos últimos dois anos de 7 doadores pmp para 5,8 doadores pmp. O número de possíveis doadores não diminuiu, entretanto, de alguma forma os cuidados pouco adequados inviabilizam os testes necessários para a confirmação da morte encefálica a tempo de ocorrer doação e, geralmente, os possíveis doadores evoluem para falência múltipla de…

Cateter Central Totalmente Implantado

Relevância:7%      Publicado em:31 31+00:00 outubro 31+00:00 2016

Cateter Central Totalmente Implantado

O Cateter Central Totalmente Implantando, mais conhecido como port-a-cath é um dispositivo que fica acoplado abaixo da pele e consiste em um reservatório com membrana perfurável e um cateter de silicone. Muitas das medicações utilizadas em oncologia são administradas através das veias. Estes tratamentos podem ser longos, e os medicamentos contra o câncer podem causar, por vezes, inflamações nas veias superficiais dos braços, que são mais sensíveis. Por isso foi desenvolvido este tipo de dispositivo para administração de medicamentos e coleta de exames, colocado diretamente nas grandes veias do corpo, o cateter totalmente implantado. Implantação A colocação do port compete…

Flebite

Relevância:7%      Publicado em:25 25+00:00 julho 25+00:00 2019

Flebite

A flebite é uma das complicações mais frequentes do uso de cateteres venosos periféricos (CVP). Caracterizando-se por uma inflamação aguda da veia, causando edema, dor, desconforto, eritema ao redor da punção e um “cordão” palpável ao longo do trajeto da veia. Os principais fatores que ocorrem em uma flebite nas punções venosas é longa permanência dos acessos venosos, e a má assepsia do curativo. CLASSIFICAÇÕES A flebite pode ser classificada de acordo com os fatores causais, os quais podem ser químicos, mecânicos ou infecciosos: Mecânico: é predominantemente em razão de problemas no cateter, o qual causa trauma no interior da…

error:
:)