Resultados da busca por: anti diureticos

Resultados 1 - 10 de 81 Página 1 de 9
Resultados por página: 10 | 20 | 50 | 100

Os Anti-Histamínicos: O que são?

Relevância:100%      Publicado em:3 03+00:00 agosto 03+00:00 2019

Os Anti-Histamínicos: O que são?

Os anti-histamínicos, também conhecidos como antialérgicos, são um grupo de medicamentos que agem no organismo inibindo a ação de uma substância conhecida como histamina, responsável pelos processos alérgicos. Têm como objetivo aliviar os sintomas da alergia caracterizada principalmente pela coceira, espirros, vermelhidão e secreção ocular e nasal. O uso desses medicamentos se prolonga por vários dias até o desaparecimento dos sintomas. Também são mais efetivos quando utilizados no início da reação alérgica. As Gerações dos Anti-Histamínicos Existem dois tipos principais de anti-histamínicos que incluem: Primeira geração: são remédios, como Hidroxizina ou Clemastina, que diminuem os sintomas de alergia mas que provocam sonolência; Segunda…

Farmacologia: Anti-hipertensivos

Relevância:95%      Publicado em:26 26+00:00 abril 26+00:00 2017

Farmacologia: Anti-hipertensivos

Pode-se dizer que a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma constante no contexto hospitalar. Em pronto atendimento, crises hipertensivas são recorrentes. Nas unidades de internação, esta é sem dúvida uma das comorbidades mais presentes. O pico hipertensivo é usualmente assintomático, mas deve ser preocupante, pois apesar de não haver manifestações, a pressão alta pode ocasionar lesões irreversíveis aos órgãos alvos e levar a complicações durante a internação, tais como ocorrência de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) ou Acidente Vascular Encefálico (AVE). Por isso é tão importante que a equipe de enfermagem domine este assunto e entenda o por quê de…

Trombocitopenia

Relevância:9%      Publicado em:20 20+00:00 agosto 20+00:00 2020

Trombocitopenia

Trombocitopenia ou plaquetopenia é a redução do número de plaquetas no sangue, ao contrário do que ocorre na trombocitose. Quando a quantidade de plaquetas no sangue é inferior a 150.000/mm³, diz-se que o indivíduo apresenta trombocitopenia. Pacientes com trombocitopenia possuem maior tendência a apresentar fenômenos hemorrágicos (hemorragias), a depender da causa da trombocitopenia e do número total de plaquetas. Quais são as causas? Redução da produção de plaquetas pela medula-óssea: em casos de aplasia medular, fibrose, leucemia ou infiltração por células malignas, quimioterapia para câncer e hipoplasia megacariocítica congênita. A falta de nutrientes necessários para o desenvolvimento de plaquetas como desidratação, deficiência de vitamina B12, toxicidade a niacina (B3) ou de ácido fólico. O diagnóstico pode ser realizado através…

Saiba por que não se deve misturar certos medicamentos!

Relevância:8%      Publicado em:7 07+00:00 novembro 07+00:00 2018

Saiba por que não se deve misturar certos medicamentos!

Todo medicamento tem efeitos colaterais e, por mais que eles tenham sido criados para combater doenças, também podem oferecer riscos para a saúde. Um fenômeno tem se tornado cada vez mais comum entre a população: a chamada "polifarmácia". Você sabia que a diferença entre o remédio e o veneno está na circunstância e na dose? Pois é. Veja os medicamentos que parecem “inofensivos”, mas que oferecem riscos à saúde! Anticoncepcional + antidepressivo fitoterápico (hipérico ou erva de São Jorge) A mistura diminui em até 60% o efeito contraceptivo da pílula. Anti-inflamatórios + ácido acetilsalicílico (aspirina) A mistura pode causar uma irritação na mucosa gástrica…

Lupus Eritematoso Sistémico

Relevância:5%      Publicado em:6 06+00:00 agosto 06+00:00 2018

Lupus Eritematoso Sistémico

El Lupus Eritematoso Sistémico (LES) es una enfermedad inflamatoria crónica de carácter autoinmune, pues presenta la producción de varios autoanticuerpos debido a una disfunción del sistema inmune. De acuerdo con el lugar de la implicación de su proceso inflamatorio, puede presentarse con diversos signos y síntomas, lo que puede dificultar su diagnóstico en las fases iniciales de la enfermedad. Por eso, desgraciadamente, aún hoy existe el falso concepto de que la enfermedad es intratable. El LES acomete aproximadamente una de cada 1.000 personas de la raza blanca y una de cada 250 personas negras, siendo mucho más frecuente en el…

Que Medicamento é Esse?: Dexametasona

Relevância:5%      Publicado em:23 23+00:00 outubro 23+00:00 2018

Que Medicamento é Esse?: Dexametasona

A dexametasona, também conhecida pelo nome comercial Decadron, é um medicamento que pertence à classe dos glicocorticoides, um dos mais potentes grupos de fármacos anti-inflamatórios e imunossupressores. Diversas são as doenças que podem ser tratadas com esse glicocorticoide, incluindo problemas de origem reumática, imunológica, cutânea, ocular, endocrinológica, pulmonar, sanguínea, gastrintestinal, neurológica e neoplásica. Como Funciona? A Dexametasona é um corticoide sintético, que apresenta um potente efeito anti-inflamatório, anti-reumático e anti-alérgico. Embora sua atividade anti-inflamatória seja acentuada, mesmo com doses baixas, seu efeito no metabolismo eletrolítico é leve. O número de condições médicas que podem ser tratados com a dexametasona é tão grande…

Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)

Relevância:5%      Publicado em:22 22+00:00 julho 22+00:00 2019

Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES)

O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica de caráter autoimune, pois apresenta a produção de vários autos anticorpos devido a uma disfunção do sistema imune. De acordo com o local do envolvimento do seu processo inflamatório, pode se apresentar com diversos sinais e sintomas, o que pode dificultar o seu diagnóstico nas fases iniciais da doença. Por isso, infelizmente, ainda hoje existe o falso conceito de que a doença é intratável. O LES acomete aproximadamente uma em cada 1000 pessoas da raça branca e uma em cada 250 pessoas negras, sendo muito mais frequente no sexo feminino, com proporção de 10 mulheres para cada 1 homem. A doença se inicia principalmente entre…

A Hemocultura

Relevância:4%      Publicado em:24 24+00:00 novembro 24+00:00 2017

A Hemocultura

A hemocultura detecta bactérias e fungos no sangue. Infecções na corrente sanguínea são provocadas com maior frequência por bactérias (bacteriemia), mas também podem ser causadas por fungos ou por vírus.

Difenidramina

Relevância:4%      Publicado em:5 05+00:00 outubro 05+00:00 2018

Difenidramina

A Difenidramina, ou cloridrato de Difenidramina, também conhecido como Benadryl, é um anti-histamínico bloqueador H1 e sedativo. É um derivado da etanolamina. Compete com a histamina pelos receptores H1 presentes nas células efetoras. Desta forma evita, porém não reverte, as respostas mediadas unicamente pela histamina. A Difenidramina é um anti-histamínico H1, de primeira geração, manifestando atividade anticolinérgica é usado para melhorar as reações alérgicas ao sangue ou plasma, em anafilaxia, como adjunto da epinefrina. Curiosamente, ela tem algum efeito sobre a recaptura da serotonina, o que levou a alguns medicamentos para a depressão com estrutura semelhante. É indicado para tratamento de: - Conjuntivite…

Grupos Sanguíneos

Relevância:4%      Publicado em:17 17+00:00 setembro 17+00:00 2018

Grupos Sanguíneos

Os tipos de grupos sanguíneos foram descobertos no início do século XX, quando o cientista austríaco Karl Landsteiner dedicou-se a comprovar que havia diferenças no sangue de diversos indivíduos. Ele colheu amostras de sangue de diversas pessoas, isolou os glóbulos vermelhos e fez diferentes combinações entre plasma e glóbulos vermelhos, tendo como resultado a aglutinação dos glóbulos em alguns casos, formando grânulos, e em outros não. Landsteiner explicou então porque algumas pessoas morriam depois de transfusões de sangue e outras não. Em 1930, ele ganhou o Prêmio Nobel por esse trabalho. Os resultados dos experimentos realizados por Landsteiner levaram-no a…

error:
:)