Resultados da busca por: drenagem gastrica

Resultados 1 - 10 de 51 Página 1 de 6
Resultados por página: 10 | 20 | 50 | 100

Drenagem Torácica: O que é?

Relevância:100%      Publicado em:8 08+00:00 outubro 08+00:00 2018

Drenagem Torácica: O que é?

A drenagem torácica é o procedimento médico que visa manter ou restabelecer a pressão negativa normal do espaço pleural. Por meio desta técnica, é possível remover líquido, ar e sólidos (fibrina) no espaço abaixo da pleura ou mediastino, que podem ser consequentes de traumas, procedimentos cirúrgicos, infecções, dentre outros. O procedimento é feito por meio da inserção de um dreno na cavidade pleural, após anestesia local, vedado na extremidade oposta, abaixo do nível do tórax. Desta forma, ar, fluído ou sólidos presentes no espaço pleural conseguem escapar deste, sem retornar. A extremidade oposta do tubo pode também ser conectada a uma válvula de…

Oxigenação por membrana Extra-Corpórea (ECMO)

Relevância:22%      Publicado em:25 25+00:00 junho 25+00:00 2020

Oxigenação por membrana Extra-Corpórea (ECMO)

A Oxigenação por Membrana Extra-Corpórea (ECMO) é uma modalidade de suporte de vida extracorpóreo que possibilita suporte temporário à falência da função pulmonar e/ou cardíaca, refratária ao tratamento clínico convencional. O circuito padrão da ECMO é composto por: bomba de propulsão de sangue, oxigenador, cânulas de drenagem e retorno do sangue, sensores de fluxo e pressão, sistema de controle de temperatura para resfriamento ou aquecimento do sangue, e pontos de acesso arterial e venoso para coleta de sangue no circuito. Bomba de propulsão A função da bomba de propulsão é impulsionar o sangue do paciente para a membrana oxigenadora, gerando…

Derivação Ventricular Externa (DVE)

Relevância:18%      Publicado em:6 06+00:00 janeiro 06+00:00 2017

Derivação Ventricular Externa (DVE)

A drenagem ventricular externa é um procedimento destinado a drenar para o exterior o líquido céfalo-raquidiano (LCR) em situações de hipertensão intracraniana, sendo de sistema fechado de drenagem.

Sonda Nasogástrica e Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Relevância:12%      Publicado em:5 05+00:00 agosto 05+00:00 2019

Sonda Nasogástrica e Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Nem todo mundo consegue ingerir os alimentos pela boca. Nesse caso, uma opção é a nutrição enteral, que funciona com uma sonda implantada no estômago, no jejuno ou no duodeno. Em forma líquida ou em pó, a alimentação é feita nesse sistema para equilibrar nutrientes, proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais da dieta. Esse recurso é muito utilizado por pessoas que precisaram ser hospitalizadas e, após algum procedimento cirúrgico ou tratamento, não podem mais realizar a alimentação na forma convencional. Para que não haja desequilíbrio orgânico, perda de peso ou infecções, a nutrição correta é fundamental. Por isso, a nutrição…

Abcesso Hepático

Relevância:11%      Publicado em:27 27+00:00 julho 27+00:00 2020

Abcesso Hepático

O abscesso hepático é uma condição grave que apesar da redução considerável em sua morbimortalidade, ainda representa um quadro clínico que coloca em risco a vida do paciente. Essencialmente há 3 tipos de abscessos hepáticos: Piogênico (cerca de 80% dos casos); Amebiano (10-15% dos casos); Fúngico (5-10% dos casos) Abscesso Hepático Piogênico São os abscessos causados por bactérias. Esse tipo de abscesso é solitário, usualmente no lobo direito ou, na forma de múltiplos abscessos disseminados em ambos os lobos. O abscesso hepático piogênico é uma doença secundária e o foco primário pode ser identificado na (1,2): Via biliar (30-40%); Criptogênica…

Dreno de Abramson

Relevância:8%      Publicado em:1 01+00:00 maio 01+00:00 2020

Dreno de Abramson

O Dreno de Abramson faz parte do sistema de drenagem de abcessos, denominado "Cárter". Um dreno de "cárter" é uma ferramenta médica usada para extrair líquidos. Esse instrumento de drenagem de fluidos também é conhecido como "sistema de poço", ou "bomba de sucção" (termo livre traduzido do inglês  "suction pump"), e consiste em um pequeno tubo dentro de um grande. Um dreno de cárter pode extrair fluídos de uma cavidade através de um tubo, permitindo que o ar entre na cavidade para substituir os fluídos. Esse movimento de fluidos é possível através da sucção. Este dreno triplo lúmen se tornou…

Manuseando o Instrumental para Curativo e os tipos de curativo

Relevância:6%      Publicado em:11 11+00:00 dezembro 11+00:00 2016

Manuseando o Instrumental para Curativo e os tipos de curativo

Sabe como utilizar o instrumental para curativos? O manuseio do instrumental de curativo é bem simples! A técnica é de evitar que contamine o centro do instrumental, e saber pegar de um modo correto para que consiga segurar a gaze sem cair. É muito mais fácil o par de ferro do que a luva estéril, pois você tem as mãos livres para trabalhar com outros itens durante o curativo, e a luva estéril não. Durante a execução do curativo, as pinças devem estar com as pontas para baixo em um campo estéril, prevenindo a contaminação; deve-se usar cada gaze uma…

Técnicas de Curativos

Relevância:6%      Publicado em:25 25+00:00 julho 25+00:00 2018

Técnicas de Curativos

Em um ambiente onde seja em uma Uti, enfermaria, ou na residência do cliente, é indispensável o bom conhecimento técnico para realizar os curativos, acompanhar as cicatrizações e controlar as possíveis infecções. Quem poderá  avaliar as feridas, e indicar o tipo de tratamento, é o enfermeiro, onde o mesmo realiza o exame físico e a anamnese. O técnico de enfermagem as executa, de forma correta, anota os aspectos e características da ferida, e acompanha juntamente com o enfermeiro a evolução da mesma. Um bom curativo começa com uma boa preparação do carro de curativos. Este deve ser completamente limpo. Deve-se verificar a validade…

O Dreno de Penrose

Relevância:6%      Publicado em:1 01+00:00 outubro 01+00:00 2018

O Dreno de Penrose

O Dreno de Penrose é um dreno de borracha, tipo látex, utilizado em cirurgias que implicam possível acúmulo no local da ferida operatória pós-operatório de líquidos infectados ou não. O nome "Penrose": De onde vem? O nome dado à este dreno foi pelo Ginecologista americano Charles Bingham Penrose (1862–1925), onde o mesmo inventou este método de drenagem para as cirurgias abdominais. Como funciona este dreno? Eventualmente, o orifício de passagem do dreno deve ser amplo, e o mesmo deve ser posicionado à menor distância da loja a ser drenada, não utilizando o dreno através da incisão cirúrgica, mas sim através de…

Qual o tempo de permanência preconizado para o cateterismo vesical de demora?

Relevância:6%      Publicado em:21 21+00:00 julho 21+00:00 2019

Qual o tempo de permanência preconizado para o cateterismo vesical de demora?

Na literatura são descritas diferentes técnicas e orientações com relação ao tempo de permanência da sonda, podendo ter sua troca realizada semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente,  mas não há consenso1.  O guidelines da American Urological Association (AUA), dados de pesquisas utilizadas na construção do guidelines eram insuficientes para realizar recomendações sobre se a rotina de mudança do cateter (por exemplo, a cada 2-4 semanas) reduziria o risco de infecção de trato urinário ou bacteriúria assintomática associada ao cateterismo em pacientes com cateterismo de demora ou pacientes com cateterismo supra-púbico, mesmo em pacientes que experimentam repetida obstrução de cateter 3. O International Clinical Practice Guidelines from…

error:
:)