Resultados da busca por: sonda vesical

Resultados 1 - 10 de 94 Página 1 de 10
Resultados por página: 10 | 20 | 50 | 100

Treinamento vesical prévio à remoção de sonda vesical de demora (SVD) é recomendado?

Relevância:100%      Publicado em:21 21+00:00 julho 21+00:00 2019

Treinamento vesical prévio à remoção de sonda vesical de demora (SVD) é recomendado?

A recomendação de clampeamento intermitente do cateter prévio à remoção de sonda vesical de demora ou qualquer outro preparo, independentemente do tempo de permanência do dispositivo, apesar de muito comum na rotina dos serviços de saúde, não possui evidências científicas de benefício. Pessoas que estão em uso de cateteres urinários devem ser avaliadas com frequência para a possibilidade de remoção* do dispositivo e retomada da micção espontânea, conduta que diminui o risco de infecções do trato urinário e de sequelas, como incontinência e retenção urinária. Como também não há consenso sobre como fazer a remoção de SVD, considerando o cenário…

Fixação de Sonda Vesical de Demora

Relevância:79%      Publicado em:12 12+00:00 novembro 12+00:00 2016

Fixação de Sonda Vesical de Demora

Desde 2013, o COFEN abriu uma resolução em questão da sondagem vesical que poderiam ser feitas pelos técnicos de enfermagem, sendo a partir deste ano, sendo privativo ao Enfermeiro, conforme descrito: A plenária do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) confirmou que o procedimento de sondagem vesical não pode ser delegado pelo enfermeiro aos técnicos de Enfermagem sob sua supervisão, em resposta a consulta feita pelo Coren – SP. Para a Câmara Técnica de Legislação e Normas (CTLN) do Cofen, trata-se de um procedimento de alta complexidade, devendo ser mantido o entendimento atual acerca da resolução Cofen 450/2013, que normatiza a…

Sonda Nasogástrica e Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Relevância:73%      Publicado em:5 05+00:00 agosto 05+00:00 2019

Sonda Nasogástrica e Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Nem todo mundo consegue ingerir os alimentos pela boca. Nesse caso, uma opção é a nutrição enteral, que funciona com uma sonda implantada no estômago, no jejuno ou no duodeno. Em forma líquida ou em pó, a alimentação é feita nesse sistema para equilibrar nutrientes, proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais da dieta. Esse recurso é muito utilizado por pessoas que precisaram ser hospitalizadas e, após algum procedimento cirúrgico ou tratamento, não podem mais realizar a alimentação na forma convencional. Para que não haja desequilíbrio orgânico, perda de peso ou infecções, a nutrição correta é fundamental. Por isso, a nutrição…

O Técnico de Enfermagem pode passar sonda vesical?

Relevância:69%      Publicado em:4 04+00:00 abril 04+00:00 2019

O Técnico de Enfermagem pode passar sonda vesical?

A Resolução Cofen nº 450/2013, publicada em dezembro, estabelece as competências da equipe de Enfermagem em relação ao procedimento de Sondagem Vesical (introdução de cateter estéril, através da uretra até a bexiga, para drenar a urina). Segundo o Parecer Normativo, aprovado pela Resolução, a inserção de cateter vesical é função privativa do Enfermeiro, em função dos seus conhecimentos científicos e do caráter invasivo do procedimento, que envolve riscos ao paciente, como infecções do trato urinário e trauma uretral ou vesical. Desta forma, a sondagem vesical não pode ser delegada ao profissional de nível médio, é um ato privativo do Enfermeiro.

Sonda Nasogástrica X Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Relevância:67%      Publicado em:5 05+00:00 maio 05+00:00 2017

Sonda Nasogástrica X Sonda Nasoenteral: As diferenças na Nutrição Enteral

Nem todo mundo consegue ingerir os alimentos pela boca. Nesse caso, uma opção é a nutrição enteral, que funciona com uma sonda implantada no estômago, no jejuno ou no duodeno. Em forma líquida ou em pó, a alimentação é feita nesse sistema para equilibrar nutrientes, proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais da dieta.

Cateter Vesical de Alívio

Relevância:65%      Publicado em:20 20+00:00 novembro 20+00:00 2017

Cateter Vesical de Alívio

A Sonda de Nelaton, também chamada de Cateter ou Sonda Vesical de Alívio, é um dispositivo muito utilizado em procedimento invasivo vesical que consiste em introduzir um cateter estéril através da uretra até a bexiga. Assim que esse cateter chega à bexiga, a urina é eliminada, causando alívio ao paciente. Feito o procedimento, o cateter é retirado e descartado.

Cateterismo Vesical de Demora

Relevância:61%      Publicado em:5 05+00:00 agosto 05+00:00 2019

Cateterismo Vesical de Demora

Sonda vesical ou cateter urinário é um tubo de látex, poliuretano ou silicone inserido na uretra até a bexiga para coletar urina para exames ou para injetar substâncias no tratamento de uma cistite (bexiga inflamada). Conforme a RESOLUÇÃO COFEN Nº 0450/2013, o cateterismo passou a ser realizado por um enfermeiro. As Pontas Distais A utilização dos diversos cateteres com pontas distintas irá depender da patologia que o paciente apresenta, e também sua característica física. Algumas delas são inseridas somente em procedimento cirúrgico. O Cateter ou Sonda de Foley Existem vários tipos de cateter urinário, portanto, estamos abordando sobre o Cateter Foley ou também chamado de Sonda permanente. A sonda é mantida no lugar por um balão…

Sondaje Vesical

Relevância:60%      Publicado em:1 01+00:00 agosto 01+00:00 2018

Sondaje Vesical

Sonda vesical o catéter urinario es un tubo de látex, poliuretano o silicona insertado en la uretra hasta la vejiga para recoger orina para exámenes o para inyectar sustancias en el tratamiento de una cistitis (vejiga inflamada). La Punta Distal La utilización de los diversos catéteres con puntas distintas dependerá de la patología que el paciente presenta, y también su característica física. Algunas de ellas se insertan sólo en procedimiento quirúrgico. El Catéter o Sonda de Foley Hay varios tipos de catéter urinario, por lo tanto, estamos abordando sobre el Catéter Foley o también llamado Sonda permanente. La sonda se…

A prática de instilação de lidocaína gel no canal uretral masculino para inserção de cateter vesical é cientificamente provada?

Relevância:52%      Publicado em:23 23+00:00 julho 23+00:00 2019

A prática de instilação de lidocaína gel no canal uretral masculino para inserção de cateter vesical é cientificamente provada?

De acordo com a ANVISA (1), há indicação de introduzir gel lubrificante estéril, de uso único, com ou sem anestésico, na uretra masculina, durante a técnica de inserção do cateter vesical (Grau da evidência A-III). Segundo Homenko (2), a recomendação é a utilização de substâncias hidrossolúveis, como a lidocaína geleia a 2%, na introdução do cateter. Nos pacientes do sexo masculino, sugere-se a instilação uretral de 15 a 20 ml, enquanto que, nas pacientes do sexo feminino, esta lubrificação pode ser realizada diretamente no cateter urinário. A lubrificação do cateter é realizada com o intuito de evitar as complicações passíveis…

O Técnico de Enfermagem e o Cateterismo Vesical

Relevância:52%      Publicado em:23 23+00:00 fevereiro 23+00:00 2017

O Técnico de Enfermagem e o Cateterismo Vesical

Pergunta: “Sou técnico de enfermagem e gostaria de saber se o Técnico ou Auxiliar de Enfermagem podem fazer sondagem vesical de demora. Minha enfermeira disse que podemos fazer, pois não há enfermeiro para executar o procedimento então ela se responsabiliza. Eu acho que só podemos fazer a de alívio. Está certo?” Resposta: Segundo a ANVISA “Cerca de 70% a 88% dos casos de ITU ocorrem em pacientes submetidos a cateterismo vesical e 5% a 10% em pacientes após cistoscopias ou procedimentos cirúrgicos com manipulação do trato urinário.” O cateterismo vesical carece há muito de uma normatização uma vez que uma…

error:
:)