Resultados da busca por "Emergência"

Resultados 11 - 20 de 192 Página 2 de 20
Sorted by: Relevance | Sort by: Data Resultados por página: 10 | 20 | 50 | Tudo

As Diferenças entre PAI e PAM

Embora ambos, Pressão Arterial Média (PAM) e Pressão Arterial Invasiva (PAI) são procedimentos e parâmetros controle hemodinâmico do paciente, há uma diferença sutil entre ambas as siglas, o que muitos confundem. Quais são as diferenças? A PAM (Pressão Arterial Média) é o valor médio da pressão durante todo um ciclo de pulso de pressão. Podendo ser obtido através do procedimento como Pressão Arterial Invasiva (PAI) ou Não Invasiva (PANI). Ou seja, a PAI é o procedimento realizado pelo plantonista de introduzir um CATETER ARTERIAL no paciente, e instalar um sistema de transdutor eletrônico ao monitor multiparâmetros, assim obtendo os parâmetros […]

Soro Antiofídico: Como é produzido?

O Soro Antiofídico é utilizado como antídoto quando uma pessoa é picada por uma serpente. Dependendo do tipo de cobra que causou o acidente, existe um tipo de soro – afinal, são muitas espécies de cobras. Porém, o processo de produção de cada soro é o mesmo, e a efetividade do produto também. Como é produzido o soro antiofídico? O primeiro passo é extrair da serpente o veneno e transformá-lo em antígeno. Antígenos são substâncias capazes de fazer o sistema imunológico reagir, produzindo anticorpos. Os antígenos são aplicados em cavalos, em pequenas doses (que não prejudicam a saúde do animal), […]

Tábua de Compressão: Entenda a sua importância

[…]polietileno de grande densidade, acrílico, etc. Saiba mais sobre procedimentos de Urgência e Emergência: Carrinho de Emergência: O que devo saber? Quais são os materiais necessários para uma Intubação? A Parada […]

Punção Intraóssea

[…]e atuação do enfermeiro na realização da punção intraóssea em situações de urgência e emergência pré e intra-hospitalares. A normativa, proposta pela Comissão Nacional de Urgência e Emergência, busca trazer mais segurança no procedimento, crucial para salvar a vida de pacientes graves. Observação Recomenda-se a antissepsia do local com gluconato de clorexidina a 0,5%, iodopovidona a 10% ou álcool a 70%; Utilizar cobertura estéril de fixação e não ultrapassar impreterivelmente, o período máximo de 24h com uso da via intraóssea, buscando um novo acesso após estabilização do paciente. Referências: LANE, John Cook and GUIMARAES, Hélio Penna. Acesso venoso pela via intraóssea […]

Carrinho de Emergência: O que devo saber?

[…]sempre fique completo de acordo com a lista padrão. Qual é o Objetivo Principal do Carrinho de Emergência? É de assegurar que o carrinho de emergência esteja sempre pronto para uso, contendo todos os medicamentos e materiais médicos necessários e dentro do prazo de validade. A sua existência, bem como de todo o seu material e a sua organização, são ferramentas importantes para o sucesso da abordagem de um doente grave. Nesse sentido elaboram‐se estas recomendações e propõe‐se a existência de uma determinada uniformização e a devem existir em TODAS as Salas de Emergência de TODOS os Serviços de Urgência […]

Projeto de lei de redução de plantões da enfermagem será votado nesta terça (31) em Juazeiro (BA)

[…]A redução dos plantões dos profissionais da enfermagem efetivos do município que estão na emergência é um marco histórico”, destacou o secretário. Integram o projeto de lei do executivo, os profissionais efetivos que trabalham na emergência do município, entre eles, auxiliares de enfermagem, técnicos de enfermagem e enfermeiros. Fonte: […]
Leia mais sobre » Projeto de lei de redução de plantões da enfermagem será votado nesta terça (31) em Juazeiro (BA)

Ferimentos Por Arma (FAF e FAB)

[…]aplicação prática. O Escore de Trauma Revisado (RTS) é largamente utilizado pelos serviços de emergência em todo o mundo. Este escore é classificado como fisiológico, uma vez que leva em consideração parâmetros das funções vitais do paciente. No RTS são analisados três parâmetros: avaliação neurológica pela Escala de Coma de Glasgow (ECG), avaliação hemodinâmica pela pressão arterial sistólica (PAS) e frequência respiratória (FR). Os valores das variáveis devem ser ponderados e somados, mediante a fórmula: RTS = 0,9368 x ECGv + 0,7326 x PASv + 0,2908 x FRv, onde v é o valor (de 0 a 4) correspondente às variáveis […]

Ministério da Saúde vai capacitar 1.500 profissionais para melhorar o atendimento de urgência na Região Norte

[…]Estratégica SOS de Ponta é um macro projeto para preparar o país para novas situações de emergência, como, por exemplo, a pandemia da Covid-19. Valores O secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Hélio Angotti Neto, destaca os valores do SOS de Ponta: Transparência: possui um edital publicado, com critérios objetivos e claros. Efetividade: os protocolos são mundialmente reconhecidos, baseados em evidências científicas. Objetiva a formação continuada no SUS. Universalidade: leva saúde de qualidade a áreas carentes de recursos, longe dos centros metropolitanos. Integralidade: busca garantir o atendimento de urgência e emergência em todo o SUS. Quem […]
Leia mais sobre » Ministério da Saúde vai capacitar 1.500 profissionais para melhorar o atendimento de urgência na Região Norte

Como funciona um Cardioversor?

[…]à aplicação de cada um. O primeiro (DESFIBRILADOR) é sempre um procedimento feito em casos de emergência, em que há a iminência de morte. Ele dá choques elétricos, que não são sincronizados, sobre o tórax ou diretamente no coração. Assim, retornando o funcionamento dele como se o tivesse reiniciado. O aparelho de cardioversão também pode ser usado em emergências, mas é mais comum em uso eletivo. A indicação é para as situações em que arritmia é criticamente instável ou então por escolha médica. Em sua aplicação o choque produzido despolariza todas as fibras cardíacas ao mesmo tempo, reparando o funcionamento […]

Por que algumas DVAs são “Dobradas” ou “Concentradas”?

Se você trabalha ou já trabalhou em setores de emergência e UTI, provavelmente já deve ter visto esta situação: O Médico solicitar a “dobrar” ou “concentrar” uma droga vasoativa a um certo paciente, para que seja administrado na bomba de infusão em uma vazão ml/h baixa. Mas por que isso é solicitado? Dentro de toda o processo hemodinâmico do paciente, é avaliado as condições de estabilidade do paciente, quanto a função renal, absorção dos fármacos, entre outras coisas mais complexas. Muito provavelmente, grandes pacientes com instabilidade hemodinâmica, tem suas funções renais alteradas, o que diminui a absorção farmacológica, e a […]
error:
Cuidados de Enfermagem Fundamentos de Enfermagem O que cai nas provas para Técnico em Enfermagem? Que medicamento é esse? Distúrbios Pulmonares