Resultados da busca por "Iam"

Resultados 11 - 20 de 27 Página 2 de 3
Sorted by: Relevance | Sort by: Data Resultados por página: 10 | 20 | Tudo

El Ataque al Corazón: Infarto Agudo de Miocardio (IAM)

[…]para ataque del corazón más conocido es el Infarto del Miocardio. También puede ser llamado Enfriamiento del miocardio, enfermedad isquémica del corazón, obstrucción de las coronarias, crisis cardiaca. En nuestro medio, el término más usado es el infarto. Pero, ¿qué es el infarto de miocardio? El infarto de miocardio se da cuando el suministro de sangre a una parte del músculo cardíaco es reducido o cortado totalmente. Esto ocurre cuando una arteria coronaria está contraída u obstruida, parcial o totalmente. Con la supresión total o parcial de la oferta de sangre al músculo cardíaco, sufre una injuria irreversible y, parando […]

Os Distúrbios Eletrolíticos e a Reposição Eletrolítica

[…]cardíaca por hiperpotassemia. Atua também como Antiarrítmico, em Arritmia ventricular por IAM, e em taquicardia ventricular. Muito utilizado em casos de neutralizar overdoses de sulfato de magnésio, pois atua com um antídoto, que é frequentemente administrado a grávidas, ao invés de se prevenir as convulsões profilaticamente (como em pacientes com […]

Os Tipos de Choque: Entenda de uma maneira mais fácil

Em termos básicos, referimos o termo “Choque” em ambiente pré-hospitalar como “Perfusão inadequada generalizada de oxigênio nos órgãos e tecidos”. O estado de choque pode surgir por diversas causas e, para cada caso, o choque tem uma definição específica, como choque anafilático, séptico ou hipovolêmico, por exemplo. Entendendo os principais grupos de choques Choque Hipovolêmico: O choque hipovolêmico é causado por uma diminuição no volume intravascular caracterizado por perfusão tecidual ineficaz e hipóxia. O choque hipovolêmico normalmente surge quando existe uma hemorragia que provoca a perda excessiva de sangue, como acontece em casos de: Feridas ou cortes muito profundos; Acidentes […]

Conheçendo a Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

[…]inicial, de modo a definir a conduta necessária para cada caso, bem como garantir o referenciamento dos pacientes que necessitarem de atendimento Mantem pacientes em observação, por até 24 horas, para elucidação diagnóstica ou estabilização clínica, e encaminham aqueles que não tiveram suas queixas resolvidas com garantia da continuidade do cuidado para internação em serviços hospitalares de retaguarda, por meio da regulação do acesso assistencial. Veja exemplos de quando você deve procurar uma UPA 24h: Febre alta, acima de 39ºC; Fraturas e cortes com pouco sangramento; Infarto e derrame Queda com torsão e,dor intensa ou suspeita de fratura; Cólicas renais; […]

Filariose Linfática (Elefantíase)

[…]do Serviço de Referência Nacional em Filarioses (SRNF) no Instituto Aggeu Magalhaes (IAM) Fiocruz/Pernambuco. A droga de escolha é a Dietilcarbamazina (DEC) na forma de comprimidos de 50mg da droga ativa. Sua administração é por via oral e apresenta rápida absorção e baixa toxicidade. Esta droga tem efeito micro e macro filaricida, com redução rápida e profunda da densidade das microfilárias no sangue. Alguns Cuidados de Enfermagem Estimular o paciente a participar do programa de tratamento; Higiene diária do membro afetado com água e sabão comum, objetivando a prevenção e a cura das portas de entrada, principalmente as interdigitais; Tratamento […]

Tratamento Imediato de um Infarto Agudo do Miocárdio (IAM)

[…]sigla é MONA: Morfina, Oxigênio, Nitrato e AAS. A morfina é altamente indicada no paciente com IAM devido ao seu efeito vasodilatador, reduzindo a resistência vascular periférica, pré e pós-carga do ventrículo esquerdo. Além disso, apresenta potente efeito analgésico sobre o SNC, reduzindo a dor e ansiedade do paciente. A dose inicial de morfina deve ser 2 a 4 mg, IV. O oxigênio deve ser utilizado para aumentar a saturação de 02 e assim limitar a lesão miocárdica isquêmica, visto que haverá uma maior oferta para as células miocárdicas, consequentemente reduzindo a intensidade de elevação do segmento ST. Seu fornecimento deverá […]

Insuficiencia cardíaca

[…]régimen farmacológico; Evaluar el balance hídrico (ingestión y débito); Pesar al paciente diariamente en la misma balanza; Auscultación de los sonidos pulmonares, detectar un aumento o disminución en los estertores pulmonares (por el enfermero); Determinar el grado de distensión venosa yugular (DVJ); Identificar y evaluar la gravedad del edema dependiente; Monitorear la frecuencia de pulso y la presión arterial, verificando si hay hipotensión postural derivada de la deshidratación; Examinar el turgor de la piel y la mucosa observando signos de deshidratación; Evaluar los síntomas de sobrecarga hídrica; Evaluación Sistémica identificando cianosis, edemas. Prescripción de Enfermería Mantener al paciente cómodo en […]

Que Medicamento é Esse?: Atenolol

[…]médico, informe ao paciente os sintomas relacionados à suspensão súbita do seu uso (Angina e IAM). As doses devem ser reduzidas lenta e gradualmente, durante mais de 2 semanas. A medicação deve ser usada cuidadosamente nos casos de ICC e em pacientes com broncoespasmo, asma, ou enfisema (principalmente em doses de 100mg). Informe ao paciente as reações adversas mais frequentes relacionadas ao uso da medicação e na ocorrência de qualquer uma delas, principalmente aquelas incomuns ou intoleráveis, o médico deverá ser comunicado. Recomende ao paciente que que evite os substitutos do sal e os alimentos que contém altos níveis de potássio […]

Infarto Agudo do Miocárdio (IAM)

[…]no coração enquanto que no Infarto a interrupção do fornecimento de sangue é total. Assim, o IAM deixa normalmente sequelas além do risco de vida ser maior, enquanto que a Angina não deixa sequelas a curto prazo. As duas são síndromes coronárias, mas se diferenciam por ser de tipos diferentes. O infarto é agudo, o que significa que acontece em um tempo determinado, enquanto a angina de peito é crônica e se diagnostica como uma doença para a vida inteira. A causa de ambos síndromes coronárias se deve a uma obstrução das artérias coronárias. A diferença entre uma e outra […]

O que é a Isquemia Cardíaca?

A isquemia cardíaca (IC) é caracterizada pela diminuição da passagem de sangue pelas artérias coronárias. Geralmente, é causada pela presença de placas de gordura em seu interior, que quando não são devidamente tratadas, podem romper e entupir o vaso, causando angina e infarto. A isquemia cardíaca pode ser classificada como sendo: ISQUEMIA CARDÍACA CRÔNICA Caracterizada pelo acúmulo de placas de gordura no interior das artérias, cujo principal sintoma é a dor no peito que surge inicialmente, durante esforços e, com o tempo, passa a surgir até mesmo em repouso; ISQUEMIA CARDÍACA TRANSITÓRIA Caracterizada pela dor no peito que surge quando […]
error:
Cuidados de Enfermagem Fundamentos de Enfermagem O que cai nas provas para Técnico em Enfermagem? Que medicamento é esse? Distúrbios Pulmonares