O Estágio de Enfermagem e seu material de bolso

O Estágio de Enfermagem e seu material de bolso

O Estágio é provavelmente a parte mais interessante da experiência prática de um estudante, que está ali, há meses, talvez anos, esperando que chegue este momento.

O Estágio curricular supervisionado visa proporcionar ao aluno uma adaptação “à futura profissão”, facilitando sua inserção no mercado de trabalho, orientando-o na escolha de sua especialização
profissional.

O Estágio é obrigatório!

O estágio curricular está previsto na legislação federal lei nº. 11.788 de 25/09/2008, na Orientação Normativa nº. 7, de outubro/2008, na lei nº. 9394 de 20/12/1996 e na Organização Didática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. A Escola da Paz explica de uma maneira didática como é feito estes estágios, que direitos têm o estagiário e suas vantagens, vale uma boa leitura.

Que materiais de bolso é preciso conter?

Aproveite e adquira o nosso caderno de estágio para estudantes do curso técnico de enfermagem!

Kit de Enfermagem (Pessoal):

  1. Caneta esferográfica: A cor da caneta vai depender do turno estagiado, se manhã sera utilizado azul, se noite sera utilizado vermelha para realizar a anotação de enfermagem;
  2. Caneta permanente: A cor é indiferente. É utilizada para fazer a identificação do profissional que realizou o curativo, a punção venosa, datar equipos, curativos e etc;
  3. Caderneta de anotação: Preferencialmente pequena para caber no bolso do jaleco, anote os sinais vitais, quadros clínicos do paciente e evoluções. (É uma boa dica anotar tudo pois ao final do estagio terá que fazer a avaliação de estágio e se não anotar será difícil lembrar-se!);
  4. Calculadora (opcional): Sera utilizado para cálculo de medicação, os cálculos são simples porém para se sentir mais seguro nas primeiras administrações pode se utilizar uma pequena calculadora;
  5. Tesoura: Preferencialmente pequena e sem ponta, será utilizada para cortar fitas microporosas e esparadrapos quando realizar curativos;
  6. Termômetro digital: Será utilizado para aferir a temperatura do cliente. (Sempre após a utilização realizar assepsia do mesmo!);
  7. Esfigmomanômetro: Será utilizado para aferir a pressão arterial do cliente. (Não é mais utilizado braçadeiras de tecido!);
  8. Estetoscópio: Será utilizado auscultar a artéria quando for aferir a pressão arterial!;
  9. Relógio analógico: Será utilizado para aferir a frequência cardíaca e respiratória!;
  10. Garrote: Será utilizado quando realizar punção venosa (Porém você pode utilizar uma luva como garrote já que o garrote de tecido é anti higiênico!);
  11. Organizador (opcional): Será utilizado para organizar seus materiais no bolso do jaleco e evitar que os mesmos fiquem dispersos ou perca-os;
  12. Oxímetro de bolso (opcional): Será utilizado para mensurar a frequência cardíaca e também verificar a saturação do cliente (em algumas escolas não é necessário comprar mas recomendo pois ajuda na agilidade do atendimento e quando entrar no estágio de pronto socorro principalmente!);
  13. Óculos de proteção individual: Devido a falta de equipamentos de proteção individual em alguns hospitais, é aconselhável obter!
  14. Vestimenta – Jaleco manga longa: De preferência!;
  15. Vestimenta – Roupa branca: (calça e blusa uniforme da escola);
  16. Vestimenta – Sapato fechado: De preferência sem cadarço, de material de borracha e antiderrapante.

Kit de Enfermagem (Grupo)

  1. 1 Caixa de Luva (mulher P, homem G);
  2. 1 Caixa de Máscara;
  3. 1 Caixa de Touca descartável;

Dicas Importantes!

Lembre-se que não é necessário comprar matérias de alta qualidade ou primeira linha pois a função inicial deles é apenas o seu aprendizado!

Os materiais mais simples podem se mostrar mais eficientes, na hora de procurar seus materiais de bolso, escolha sempre pela funcionalidade e não pela aparência, já que um aparelho mais funcional pode ser mais prático durante o estágio.

Um exemplo disso é o estetoscópio! Não entre na moda de “estudante de enfermagem com uma littmann”, pois além de ser caro, você não poderá exibir de forma alguma pendurado o mesmo no pescoço porque não é um adorno para ser utilizado em seu campo de trabalho, e isso descontará notas se seu supervisor lhe avaliar.

Você poderá investir sim, quando estiver realmente em um campo de trabalho, e lhe julgar o necessário em adquirir um, para utilizar em seu dia a dia, aferindo a pressão de seus pacientes, e até quando estiver feito sua graduação em enfermagem, realizar avaliação física do mesmo.

Outra marca comum é o Rappaport, que pode dificultar o aprendizado.

Por ser duplo ele se torna tanto mais difícil de manusear (como por exemplo, encaixar embaixo da braçadeira do esfigmomanômetro na hora de aferir a P.A.) já que é maior que o simples também é mais difícil de ouvir, além do mais o Rappaport é mais caro do que o simples.

Porém, se você entrará em contato com cliente pediátrico, o rappaport pode ter um auxílio maior nesse caso.

O Uso de mochilas nos campos de estágio de enfermagem pode ser necessário ou não, pois irá depender se a instituição disponibiliza armários ou sala (geralmente não).

Aproveite e conheça o nosso Caderno de Estágio !

Caderno de Estágio Enfermagem Ilustrada

Dicas

Você Sabia? Agora os profissionais da Enfermagem já podem se aposentar mais cedo!

Se aposentar mais cedo já é uma realidade para os profissionais da enfermagem. Essa possibilidade está prevista em Lei e abrange todos profissionais que trabalham com exposição a agentes nocivos de natureza biológica. Essa espécie de aposentadoria é denominada de Aposentadoria Especial e alcança principalmente os enfermeiros, atendentes, auxiliares e técnicos de enfermagem. Dr. Cláudio […]

Dicas

Enfermeiro pode assumir cargo de Técnico em Enfermagem, mesmo sem o devido COREN ativo?

“Olá! Concluí graduação em Enfermagem, Fiz um concurso há alguns meses atrás para o cargo de Técnico em Enfermagem. Gostaria de saber se posso assumir um cargo técnico sem ter diploma de nível técnico, no caso utilizar meu diploma da graduação para assumir como técnico em enfermagem?” A Resposta para esta pergunta, mesmo podendo ser […]

Dicas

Cálculos EnfMed: Enfermagem e Medicina em um Só Aplicativo!

Para os amantes de aplicativos, da Enfermagem e também da Medicina, este é um aplicativo inovador! Primeiramente este aplicativo desenvolvido especialmente para os Sistemas Operacionais Android, chamado de “Cálculos EnfMed”, foi desenvolvido pelo Enfermeiro Erick Vazquez Yañez. Mexicano, graduado em Enfermagem com especialização em Enfermagem Neonatal, com diploma em inaloterapia e ventilação mecânica, e sobretudo professor […]

Dicas

Profissionais de Enfermagem: Conheça os maiores possíveis erros no cuidado de enfermagem, e saiba como evitá-los!

Os profissionais de enfermagem desempenham o maior papel no atendimento ao paciente. Sua esmagadora carga de trabalho pode, às vezes, levar a erros que, em alguns casos, são irreversíveis ou mesmo fatais. Por outro lado, a maioria desses erros é evitável, especialmente se a equipe de enfermagem tomar as precauções necessárias. A seguir estão os principais […]

Dicas

Conheça algumas das melhores maneiras de acalmar seu paciente antes de aplicar uma injeção!

Ter medo de injeções é um ato difícil de superar. Em situações clínicas, é quase típico encontrar um paciente com medo das injeções! Durante esses momentos, é importante acalmar o paciente antes de dar aplicar uma injeção para evitar que o paciente sofra trauma. Se você está apenas começando sua carreira como profissional de enfermagem, tome […]

Dicas

Profissionais de Enfermagem: Como causar uma boa “Primeira Impressão” ?

Antes mesmo de conseguir seu primeiro emprego, você provavelmente já sabe como a enfermagem pode ser desafiadora. Há aquela pressão e responsabilidade em salvar vidas, ajudar os pacientes a se recuperarem e auxiliá-los em suas necessidades.  Mas você sabe qual é o verdadeiro desafio?  Fazer todas essas coisas enquanto tratar bem seus pacientes.  Pense desta maneira:  […]

Dicas

Meu sonho é fazer Enfermagem, mas tenho pavor de sangue! O que fazer?

Parece estranho, mas não é incomum. Não apenas não gostar de sangue, mas também temer agulhas ou outros procedimentos. Não é vergonha nenhuma respeitar os próprios limites! Mas o que fazer? Você pode aceitar a situação e procurar outra carreira na área da saúde que não te exponha ao seu temor, ou tentar superar o medo. Algumas opções da área da […]