Dicas

Observatório da Enfermagem: COFEN cria formulário para casos de COVID 19

Para melhor acompanhar a situação da pandemia do novo coronavírus, buscar soluções que reduzam o risco de contágio e oferecer apoio aos profissionais de Enfermagem atingidos pela doença, o Cofen criou um formulário para notificação de casos de COVID-19. PARA ACESSAR O OBSERVATÓRIO DA ENFERMAGEM, CLIQUE AQUI! Na linha de frente do atendimento, enfermeiros, técnicos e auxiliares […]

Dicas

Projeto de Lei n° 2564, de 2020 propõe PISO SALARIAL para a Enfermagem!

O PROJETO de LEI N° 2564/20 apresentado pelo senador Fabiano Contarato prevê alteração na lei do exercício profissional da Enfermagem (Lei 7498/86) para acrescentar o Art. 15 que cita: Art.15 – O piso salarial nacional para os Enfermeiros será de R$ 7.315,00. E também: – Esse piso é para jornada de 30h; – Jornadas maiores […]

Dicas

Concursos Públicos para o cargo Técnico em Enfermagem

Acompanhe nesta publicação a lista de concursos públicos abertos com vagas para o cargo de técnico em enfermagem: Órgão UF Vagas CIUENP – SAMU 192 (Noroeste do Paraná) Todos os níveis de escolaridade PR 30 Prefeitura de Paulo Afonso Níveis Médio e Superior BA 452 Concurso Agreste Potiguar Todos os níveis de escolaridade RN 499 […]

Dicas de Como Elaborar um Bom Currículo na Área da Enfermagem

currículo

Quem busca por uma colocação no mercado ou por novas oportunidades profissionais precisa estar atento na hora de redigir o currículo. Porta de entrada do candidato para o mercado de trabalho, ele deve ser objetivo, conter informações sobre as experiências do profissional e estar de acordo com o cargo a que se destina. Além disso, deve ter estrutura limpa, bem organizada e passar por minuciosa revisão antes de ser enviado.

Você sabe o que não pode faltar em um bom currículo?

E o que é dispensável?

Habilidades, pontos positivos, formação acadêmica… Confira algumas dicas de como elaborá-lo de forma clara para aumentar as suas chances de ser selecionado.

Dados Pessoais

Nome completo, idade e estado civil devem aparecer logo no início do documento. É fundamental incluir também telefone e e-mail para que a empresa possa contatá-lo facilmente.

Objetivo

Seu objetivo profissional deve ser descrito em apenas uma linha, abordando somente o cargo e a área de interesse. Evite indicar mais de uma área em um mesmo currículo.

Formação acadêmica

Coloque o nome da instituição de ensino, curso e datas de início e término dos cursos que frequentou, apresentando-os por ordem de importância (pós-graduação, graduação etc.). Cursos técnicos só devem ser citados se tiverem relação com a área pretendida ou se você não possuir curso de graduação.

Experiência profissional

Mencione nome da empresa, cargo, período de atuação e suas atribuições de forma sucinta. Mas esteja atento para a descrição das atividades desenvolvidas, pois é através deste item que o selecionador conhecerá o seu potencial. Coloque-as, se possível, em forma de itens para facilitar a avaliação.

Idiomas

Cite apenas o idioma e o nível de conhecimento que possui. Se você estiver estudando algum, deixe isso claro no currículo. Lembre-se que se for necessário para o cargo, você será testado e deverá comprovar o nível declarado.

Informática

Coloque o nível real de seu conhecimento técnico das ferramentas de informática e internet. Seja sincero, pois quando as vagas necessitam de algum programa específico, testes podem ser aplicados.

Cursos e Atividades Complementares

Cite apenas os cursos relacionados à área de interesse. Coloque o tema e o nome das instituições onde foram realizados.

Lembre-se:

  • O currículo deve ter, no máximo, duas páginas com as informações necessárias para o cargo.
  • Coloque foto somente se for exigência para a vaga desejada. Neste caso, ela deve ser 3×4, ter boa qualidade e priorizar uma postura profissional.
  • Para quem busca o primeiro emprego, vale ressaltar no currículo as experiências na faculdade, estágios, cursos, trabalhos voluntários, habilidades e aptidões.

Para aqueles que possuem alguma dúvidas ou dificuldades na hora de elaborar um currículo, seja para Auxiliar ou Técnico, disponibilizamos logo abaixo, dois links para download, de arquivos modelos para a elaboração do currículo, sendo um de exemplo e outro a ser preenchido. Confira!

Links:

 

Dicas

Contenção Mecânica: Quando pode fazer?

“Olá, me chamo Mariana, sou auxiliar de enfermagem em uma unidade de internação de uma instituição, e gostaria de saber quando posso realizar a restrição do paciente ao leito (no caso a contenção mecânica), e é necessário o enfermeiro realizar a prescrição prévia de enfermagem deste procedimento?” Olá Mariana! Quanto à contenção mecânica (ou restrição […]

Dicas

PICC têm até 60% das complicações por cateter de inserção periférica

Novo estudo sugere que eventos relacionados a cateter de PICC são mais frequentes do que o documentado na prática. O cateter venoso de inserção periférica (PICC), popularizado a partir da década de 1970, a princípio para nutrição parenteral, ganhou múltiplos usos nos hospitais. Inserido a partir do braço, por uma veia periférica, chega à veia cava superior ou […]

Dicas

10 dicas para profissionais da enfermagem do plantão noturno

Você trabalha à noite? Não estás sozinha! Os plantões noturnos funcionam melhor para muitos profissionais de enfermagem, e oferecem uma experiência única tanto no setor quanto fora dele. É sempre positivo criar vínculos com outros profissionais que estejam na mesma linha. Então, dê uma olhada nas 10 dicas do ScrubsGallery.com para se manter saudável e se adaptar ao trabalho quando […]

O Estágio de Enfermagem e seu material de bolso

O Estágio de Enfermagem e seu material de bolso

O Estágio é provavelmente a parte mais interessante da experiência prática de um estudante, que está ali, há meses, talvez anos, esperando que chegue este momento.

O Estágio curricular supervisionado visa proporcionar ao aluno uma adaptação “à futura profissão”, facilitando sua inserção no mercado de trabalho, orientando-o na escolha de sua especialização
profissional.

O Estágio é obrigatório!

O estágio curricular está previsto na legislação federal lei nº. 11.788 de 25/09/2008, na Orientação Normativa nº. 7, de outubro/2008, na lei nº. 9394 de 20/12/1996 e na Organização Didática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. A Escola da Paz explica de uma maneira didática como é feito estes estágios, que direitos têm o estagiário e suas vantagens, vale uma boa leitura.

Que materiais de bolso é preciso conter?

Aproveite e adquira o nosso caderno de estágio para estudantes do curso técnico de enfermagem!

Kit de Enfermagem (Pessoal):

  1. Caneta esferográfica: A cor da caneta vai depender do turno estagiado, se manhã sera utilizado azul, se noite sera utilizado vermelha para realizar a anotação de enfermagem;
  2. Caneta permanente: A cor é indiferente. É utilizada para fazer a identificação do profissional que realizou o curativo, a punção venosa, datar equipos, curativos e etc;
  3. Caderneta de anotação: Preferencialmente pequena para caber no bolso do jaleco, anote os sinais vitais, quadros clínicos do paciente e evoluções. (É uma boa dica anotar tudo pois ao final do estagio terá que fazer a avaliação de estágio e se não anotar será difícil lembrar-se!);
  4. Calculadora (opcional): Sera utilizado para cálculo de medicação, os cálculos são simples porém para se sentir mais seguro nas primeiras administrações pode se utilizar uma pequena calculadora;
  5. Tesoura: Preferencialmente pequena e sem ponta, será utilizada para cortar fitas microporosas e esparadrapos quando realizar curativos;
  6. Termômetro digital: Será utilizado para aferir a temperatura do cliente. (Sempre após a utilização realizar assepsia do mesmo!);
  7. Esfigmomanômetro: Será utilizado para aferir a pressão arterial do cliente. (Não é mais utilizado braçadeiras de tecido!);
  8. Estetoscópio: Será utilizado auscultar a artéria quando for aferir a pressão arterial!;
  9. Relógio analógico: Será utilizado para aferir a frequência cardíaca e respiratória!;
  10. Garrote: Será utilizado quando realizar punção venosa (Porém você pode utilizar uma luva como garrote já que o garrote de tecido é anti higiênico!);
  11. Organizador (opcional): Será utilizado para organizar seus materiais no bolso do jaleco e evitar que os mesmos fiquem dispersos ou perca-os;
  12. Oxímetro de bolso (opcional): Será utilizado para mensurar a frequência cardíaca e também verificar a saturação do cliente (em algumas escolas não é necessário comprar mas recomendo pois ajuda na agilidade do atendimento e quando entrar no estágio de pronto socorro principalmente!);
  13. Óculos de proteção individual: Devido a falta de equipamentos de proteção individual em alguns hospitais, é aconselhável obter!
  14. Vestimenta – Jaleco manga longa: De preferência!;
  15. Vestimenta – Roupa branca: (calça e blusa uniforme da escola);
  16. Vestimenta – Sapato fechado: De preferência sem cadarço, de material de borracha e antiderrapante.

Kit de Enfermagem (Grupo)

  1. 1 Caixa de Luva (mulher P, homem G);
  2. 1 Caixa de Máscara;
  3. 1 Caixa de Touca descartável;

Dicas Importantes!

Lembre-se que não é necessário comprar matérias de alta qualidade ou primeira linha pois a função inicial deles é apenas o seu aprendizado!

Os materiais mais simples podem se mostrar mais eficientes, na hora de procurar seus materiais de bolso, escolha sempre pela funcionalidade e não pela aparência, já que um aparelho mais funcional pode ser mais prático durante o estágio.

Um exemplo disso é o estetoscópio! Não entre na moda de “estudante de enfermagem com uma littmann”, pois além de ser caro, você não poderá exibir de forma alguma pendurado o mesmo no pescoço porque não é um adorno para ser utilizado em seu campo de trabalho, e isso descontará notas se seu supervisor lhe avaliar.

Você poderá investir sim, quando estiver realmente em um campo de trabalho, e lhe julgar o necessário em adquirir um, para utilizar em seu dia a dia, aferindo a pressão de seus pacientes, e até quando estiver feito sua graduação em enfermagem, realizar avaliação física do mesmo.

Outra marca comum é o Rappaport, que pode dificultar o aprendizado.

Por ser duplo ele se torna tanto mais difícil de manusear (como por exemplo, encaixar embaixo da braçadeira do esfigmomanômetro na hora de aferir a P.A.) já que é maior que o simples também é mais difícil de ouvir, além do mais o Rappaport é mais caro do que o simples.

Porém, se você entrará em contato com cliente pediátrico, o rappaport pode ter um auxílio maior nesse caso.

O Uso de mochilas nos campos de estágio de enfermagem pode ser necessário ou não, pois irá depender se a instituição disponibiliza armários ou sala (geralmente não).

Aproveite e conheça o nosso Caderno de Estágio !

Caderno de Estágio Enfermagem Ilustrada

Dicas

Você Sabia? Agora os profissionais da Enfermagem já podem se aposentar mais cedo!

Se aposentar mais cedo já é uma realidade para os profissionais da enfermagem. Essa possibilidade está prevista em Lei e abrange todos profissionais que trabalham com exposição a agentes nocivos de natureza biológica. Essa espécie de aposentadoria é denominada de Aposentadoria Especial e alcança principalmente os enfermeiros, atendentes, auxiliares e técnicos de enfermagem. Dr. Cláudio […]

Dicas

Enfermeiro pode assumir cargo de Técnico em Enfermagem, mesmo sem o devido COREN ativo?

“Olá! Concluí graduação em Enfermagem, Fiz um concurso há alguns meses atrás para o cargo de Técnico em Enfermagem. Gostaria de saber se posso assumir um cargo técnico sem ter diploma de nível técnico, no caso utilizar meu diploma da graduação para assumir como técnico em enfermagem?” A Resposta para esta pergunta, mesmo podendo ser […]