Notícias da Enfermagem

Casa de Anna Nery vai abrigar memorial sobre história da Enfermagem

A casa onde viveu Anna Nery, pioneira da Enfermagem brasileira, passará a abrigar um memorial sobre a história da profissão no país. A residência, localizada na cidade de Cachoeira, no recôncavo baiano, também será responsável por preservar os restos mortais da enfermeira, que serão recebidos por meio de doação. A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (28/7) pela prefeita do município, Eliana Gonzaga, ao plenário do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).

“Esta doação tem um grande valor para nós da Enfermagem. Em nome do Conselho Federal, agradeço a prefeitura de Cachoeira por esta atitude, um verdadeiro marco na profissão. Faremos o possível para que este seja um local sagrado, de exaltação da nossa essência e de engrandecimento da categoria”, afirmou emocionada a presidente do Cofen, Betânia Santos.

Anna Nery atuou diretamente na prestação de cuidados aos feridos durante a Guerra do Paraguai, em um momento da história do país no qual não existiam profissionais de Enfermagem. Com recursos próprios, montou uma enfermaria-modelo na capital paraguaia Assunção, na época sitiada pelo exército brasileiro. A data de seu falecimento, 20 de maio, marca o Dia Nacional dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem.

Está sendo estudada a possibilidade de o imóvel também receber uma subseção do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA), permitindo que enfermeiros, técnicos e auxiliares da região passem a contar com acolhimento e atendimento aprimorados do regional sem a necessidade de deslocamento para outras cidades. A diretoria do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA) também esteve diretamente ligada às articulações para a instalação do memorial.

“A residência de Anna Nery vai proporcionar a preservação histórica da profissão por meio de um acervo sobre a evolução do processo de trabalho da Enfermagem. O Coren-BA articulou apoio com a prefeitura e a secretaria de saúde de Cachoeira para levar o memorial ao município, por entender que é de grande relevância a existência de um museu que retrate aspectos culturais e educativos. Ganham a Enfermagem baiana e nacional com um local que carrega a memória da primeira enfermeira do Brasil”, ressaltou Giszele Paixão, presidente do Coren-BA.

A doação dos restos mortais da precursora da profissão no país será feita pela Paróquia Nossa Senhora do Rosário, que atualmente mantém o material histórico e está localizada ao lado da casa de Anna Nery. “Para nós, cachoeiranos, é uma honra manter viva a nossa ancestralidade e a história deste ícone da Enfermagem. Anna Nery, conhecida como a mãe dos brasileiros, realizou feitos que engrandecem a nação. O seu imóvel possui dependências internas intactas e detém todas as condições de acolher o memorial”, destacou Eliana Gonzaga.

Fonte: Criativa Online

Comentários
Christiane Ribeiro
Técnico de Enfermagem Intensivista (há 12 anos), atuante em UTI Adulto: Geral, Cardiológica, COVID-19. Além de ser profissional de saúde, sou ilustradora digital, e nos tempos livres dedico à ilustrações da saúde para estudantes e profissionais, e também sou uma influenciadora digital na enfermagem.
https://enfermagemilustrada.com