Não Rotule com Marcadores Permanentes!

Existe evidência de que escrever em bolsas de soros dos medicamentos danifica diretamente o tratamento ou a tinta passa pelo plástico?

Trouxe à vocês um estudo levantado, do site da Vida Acadêmica em Medicina de Urgência “Academic life in Emergency Medicine” (ALiEM) para a pergunta “O marcador permanente, ou de equipos, como são popularmente conhecidos, pode ser filtrado em bolsas de infusão intravenosa (IV)?”

Relata que de acordo com o Institute for Practice Safety Medical (ISMP, por sua sigla em inglês Instituto de Medicinas Práticas Seguras), não é recomendado escrever diretamente em bolsas de soro com marcador permanente, devido à possibilidade de vazamento de tinta (lixiviação) no saco e causar danos à bolsa e ao paciente!

Isso indica que, por sua vez, esta situação levanta várias questões:

• É possível que a tinta passe por sacos de policloreto de vinila (PVC)?
• Em caso afirmativo, existe algum dano potencial ao paciente?

De acordo com os fabricantes de várias marcas de sacolas de PVC, a não-transferência de tinta permanente através de sacolas de PVC não pode ser garantida e não é recomendável escrever nestes sacos com marcador permanente, especialmente porque existem muitas tintas e marcadores e marcadores diferentes.

E um último adendo: Não rotule diretamente nas bolsas de soro, pois além desta prática não ser segura, por não obterem TODAS AS INFORMAÇÕES necessárias como o nome do paciente, a data de nascimento, que solução está dentro daquela bolsa, o volume total e o volume a ser infundido, e o principal, QUEM PREPAROU, não segue os 9, 11, 13 certos que atualmente dizem, sobre a segurança na administração de medicamentos! Utilizem o rótulo padronizado de sua instituição, galera!

Para entender melhor:

Comentários