Agulha com Dispositivo de Segurança

Utilizar agulhas de segurança é medida de prevenção fundamental para zelar pela integridade física dos profissionais da área de saúde.

É que o número de contaminação com instrumentos perfurocortantes ainda é bem alarmante. Para minimizar esses efeitos, no mercado, já existem materiais que otimizam a aplicação de injetáveis e evitam acidentes com a agulha contaminada durante manipulação e descarte desses materiais.

As agulhas de segurança são elaboradas para garantir a proteção dos profissionais em todo processo de manuseio.

Os perfurocortantes com dispositivo de segurança também protegem as pessoas que circulam por ambientes hospitalares e têm contato com o material após seu descarte (agentes de limpeza e manutenção, por exemplo), já que a agulha fica protegida dentro do sistema de segurança após o uso.

Para que elas sejam eficazes, no entanto, precisam seguir as normas da NR32 e do INMETRO.

Como utilizar agulhas de segurança?

  1. Abra a embalagem da agulha em pétala.
  2. Você pode conferir o padrão universal de cores no dispositivo de segurança da agulha para identificar o tamanho.
  3. Conecte a agulha na seringa Luer Lock e dê uma volta completa.
  4. Conecte a agulha com firmeza na seringa Luer Slip.
  5. Aspire a medicação e elimine as bolhas de ar.
  6. Acione a trava de segurança até ouvir o barulho de encaixe (“click”).
  7. Troque a agulha de aspiração por uma agulha de segurança.
  8. A capa de segurança direciona o bisel para o ângulo de aplicação.
  9. Aplique a medicação conforme o protocolo da instituição.
  10. Para acionar o dispositivo de segurança, você deve seguir as recomendações do protocolo da sua instituição; assim, você tem duas opções:

Opção 1: acionar o dispositivo com o polegar imediatamente após o uso (até ouvir o barulho de encaixe – click);

Opção 2: acionar o dispositivo na bancada imediatamente após o uso (até ouvir o barulho de encaixe – click);

  1. Descarte a agulha conectada à seringa no coletor de perfurocortante.

Veja também:

Posições do Bisel

Agulha: Os Tipos e Indicações

Agulha Ponta Romba

Referência:

  1. BBraun

Tipos e Indicações das Agulhas

Agulhas

As agulhas são amplamente utilizadas na rotina de trabalho da equipe de enfermagem.

Porém, para evitarmos erros na sua utilização, assim como a minimização de custos, devemos ter um completo conhecimento do seu material, suas partes e as suas devidas indicações.

São diversos os modelos e tamanhos encontrados no mercado nacional e mundial, então procurei destacar aqui as mais utilizadas.

Componentes da Agulha

Primeiramente deve-se entender os componentes básicos de uma agulha, que são:

  • O canhão, onde é a parte mais larga da agulha;
  • A haste, que é a porção maior e mais fina;
  • E bisel, que é ponta com óstio em diagonal.

As cores e suas indicações

  • Rosa: São utilizadas para preparo e aspiração de medicações;
  • Roxo: É utilizada para aspiração e aplicação de medicações administradas vias intramuscular, subcutânea e intravascular;
  • Verde Água: é utilizada para aplicação de soluções em diferentes vias injetáveis de administração;
  • Amarelo: É utilizada para aplicação de soluções subcutâneas  geralmente na pediatria;
  • Marrom: É utilizada para aplicação de soluções intradérmicas e subcutâneas em adultos;
  • Azul: É utilizada para aplicação de soluções subcutâneas e endovenosas;
  • Cinza Escuro: É bastante utilizada para a aplicação de soluções intramusculares e endovenosas em adultos;
  • Verde: É utilizada para a aplicação de soluções intramusculares, geralmente em adultos.

Cores Conforme os Calibres:

Rosa: 40X12 e 40×10;
Roxo: 20X0,55;
Verde água: 25X0,80;
Amarelo:  13X0,30;
Marrom: 13X4,5 e 13X4;
Azul: 25X0,6;
Cinza Escuro: 30X7 e 25X7;
Verde: 30X8 e 25X8.

Veja também:

Angulações de Injeções e seus Tipos

 

Seringas: Tipos e Indicações

Agulhas: Tipos e Indicações

Agulhas

As agulhas são amplamente utilizadas na rotina de trabalho da equipe de enfermagem. E Para evitarmos erros na sua utilização, assim como a minimização de custos, devemos ter um completo conhecimento do seu material, suas partes e as suas devidas indicações.

São diversos os modelos e tamanhos encontrados no mercado nacional e mundial, então procurei destacar aqui as mais utilizadas.

Primeiramente deve-se entender os componentes básicos de uma agulha, que são o canhão, onde é a parte mais larga da agulha, a haste, que é a porção maior e mais fina e  bisel, que é ponta com óstio em diagonal.

As agulhas usualmente com o canhão na cor ROSA, são utilizadas para preparo e aspiração de medicações.

Já com o canhão na cor ROXA, é utilizada para aspiração e aplicação de medicações administradas vias intramuscular, subcutânea e intravascular.

A agulha com o canhão VERDE ÁGUA, é utilizada para aplicação de soluções em diferentes vias injetáveis de administração.

Já com o canhão AMARELO, é utilizada para aplicação de soluções subcutâneas  geralmente na pediatria.

A agulha com o canhão MARROM, é utilizada para aplicação de soluções intradérmicas e
subcutâneas em adultos.

O canhão AZUL, é utilizada para aplicação de soluções subcutâneas e endovenosas.

A agulha com o canhão CINZA ESCURO, é bastante utilizada para a aplicação de soluções intramusculares e endovenosas em adultos.

Na cor VERDE, é utilizada para a aplicação de soluções intramusculares, geralmente em adultos.

Cores Conforme os Calibres:

ROSA: 40X12 e 40×10;
ROXO: 20X0,55;
VERDE ÁGUA: 25X0,80;
AMARELO:  13X0,30;
MARROM: 13X4,5 E 13X4;
AZUL: 25X0,6;
CINZA ESCURO: 30X7 E 25X7;
VERDE: 30X8 E 25X8.

Veja em nosso canal YouTube:

Agulha: Os Tipos e Indicações

 

Angulações de Injeções e seus Tipos

 

Agulhas: Tipos e Indicações

Você está sendo redirecionado para a página procurada… Aguarde…

Please wait while you are redirected...or Click Here if you do not want to wait.