Permanganato de Potássio: Como calcular?

O permanganato de potássio possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e cicatrizantes, sendo por isso muito usado em infecções e problemas de pele como eczema, aftas, dermatite, acne, candidiase vaginal, vulvovaginites, catapora, brotoeja, feridas e coceira causada por alergias.

Para se usufruir dos benefícios do permanganato de potássio é importante fazer a diluição correta, indicada pelo médico, e respeitar o número de aplicações, assim como o tempo de tratamento.

Como usar

Para usufruir dos benefícios do permanganato de potássio, ele deve ser usado corretamente. Assim, antes de o utilizar, deve-se diluir 1 comprimido de 100 mg em cerca de 1 a 4 litros de água natural ou morna, dependendo do problema que se pretende tratar, que vai conferir à água uma coloração violeta.

Caso se trate de uma primeira aplicação, deve-se testar antes numa pequena região da pele e verificar se ocorre alguma reação, que é sinal de que a pessoa é alérgica a esta substância, e nestes casos, a solução não deve ser usada.

Depois disto, a solução pode ser usada de várias formas:

1. Banho de permanganato de potássio

Para utilizar o permanganato de potássio, pode-se fazer um banho, permanecendo dentro da solução por cerca de 10 minutos, todos os dias, até que as feridas desapareçam completamente. Deve-se evitar ao máximo o contato com o rosto.

2. Banho de assento de permanganato de potássio

Para fazer um bom banho de assento, deve-se permanecer sentado dentro de uma bacia com a solução, durante alguns minutos. Também se pode utilizar o bidê ou uma banheira de imersão.

3. Compressa de permanganato de potássio

Uma boa forma de usar a solução de permanganato de potássio, principalmente em idosos e bebês, por ser mais difícil fazer o banho, é mergulhar uma compressa nesta solução e de seguida passar no corpo.

Cuidados a ter e possíveis riscos

O permanganato de potássio é de uso exclusivamente externo. Não deve ser ingerido nem usado perto da região ocular, devido à sua elevada toxicidade.

Além disso, também nunca deve ser usado sem ser diluído e o comprimido não deve entrar em contato com as mãos devido à sua ação corrosiva, podendo causar irritação, vermelhidão, dor, queimaduras e manchas.

Cálculo de Permanganato

Apresentação do medicamento

Na bula do medicamento, você irá encontrar descrito a sua concentração numa forma peculiar de escrita, como por exemplo, 1:20.000.

O que isto significa 1:20.000?

Significa dizer que 1 grama está para 20.000 ml, ou seja, 1 grama está para 20 litros (20.000 ml = 20 litros, pois 1 litro é igual a 1000 ml).

Veja:

  • 1:20.000 – Significa 1 grama em 20.000 ml;
  • 1:40.000 – Significa 1 grama em 40.000 ml;
  • 1:50.000 – Significa 1 grama em 50.000 ml.

Como as questões vão cobrar?

Geralmente as questões de cálculo de permanganato de potássio dão a concentração que deve ter a solução, por exemplo 1:50.000, e o medicamento disponível, geralmente 100 gramas. E em cima disso, é pedido para realizar o cálculo da quantidade em gramas, ou em fração de comprimido que deve ser diluído na quantidade prescrita.

Vamos resolver uma questão!

Questão 1

Foi prescrito 1 litro de solução de permanganato de potássio a uma concentração de 1:20.000, utilizando comprimidos de 100 mg. Para obter a solução prescrita, o profissional de enfermagem dissolver em 1 litro a quantidade de:

a) 25 mg (1/4 de comprimido);

b) 50 mg (1/2 de comprimido);

c) 100 mg (1 comprimido);

d) 150 mg (1 1/2 comprimidos);

e) 200 mg (2 comprimidos).

Antes de partirmos para a resolução, é muito importante retirar os dados do enunciado. Isto evita muitos erros.

Assim:

  • Prescrição: 1 litro de solução de permanganato de potássio numa concentração de 1:20.000;
  • Comprimidos disponíveis: 100 mg
  • Pergunta-se: Quantas mg do comprimido deve ser dissolvido em 1 litro para ter a concentração de 1:20.000?

Quando a concentração está numa proporção de 1:20.000, significa dizer que a concentração deve ser 1 grama para cada 20.000 ml.

Resolução

Para resolver a questão, basta montar regra de três simples considerando o seguinte raciocínio:

Se a concentração é de 1 grama para cada 20.000 ml, quanto será a concentração de 1 litro?

Não esqueça de realizar a conversão, pois o exercício quer a resposta em mg e em ml.

1 grama = 1000 mg

1 litro = 1000 ml

Reformulando a pergunta: Se a concentração é de 1000 mg para cada 20.000 ml, quanto será X mg para 1000 ml?

1000 mg ————————–20.000 ml

X mg ——————————-1000 ml

(multiplique cruzado)

20.000 . X = 1000 . 1000

20.000X = 1.000.000

X = 1.000.000 / 20.000

X = 50 mg

Basta utilizar 1/2 comprimido, ou seja 50 mg.

Resposta letra B.

Foi prescrito 1.000 ml de solução de permanganato de potássio na concentração de 1:40.000 ml com comprimidos de 100 mg. Para obter a solução prescrita, o profissional de enfermagem utilizar quantos comprimidos:

a) 1 comprimido;

b) 2 comprimidos;

c) 1/4 comprimido;

d) 1/2 comprimido;

Dados da questão:

  • Prescrição: 1 litro = 1000 ml de solução
  • Concentração prevista: 1:40.000 = 1 grama:40.000ml = 1000 mg:40.0000

Resolução (regra de três)

Se em 40.000 ml tenho 1000 mg, quantas gramas terei em 1000 ml?

40.000 ml——————–1000 mg

1000 ml————————X

(Multiplique cruzado)

40.000 . X =1000 . 1000

40.000X = 1.000.000

X = 1.000.000 / 40.000

X = 25 mg.

Se 100 mg é um comprimido inteiro, 25 mg é 1/4 de comprimido.

Resposta Letra C

Referência:

  1. MedicinaNET